Adolescente de 16 anos é presa por mandar matar o pai no Paraná

A Polícia Civil da Lapa em conjunto com a Polícia Militar em ação rápida, esclareceram um duplo homicídio, ocorrido na madrugada do último sábado (05/05), no bairro Dib Mane, na cidade da Lapa, que vitimou Manoel Valdomiro Licheski, de 49 anos e sua namorada Eloina Oliveira, 47.

Após diligências, apurou-se que a mentora do crime foi uma adolescente, de 16 anos, filha de Manoel, e a execução ficou a cargo de outro adolescente, também de 16 anos e de um rapaz, de 19 anos, com a promessa de receberem um valor em dinheiro.

De acordo com a polícia, o rapaz de 19 anos possui passagem policial, inclusive estava solto há 40 dias. A motivação do crime que chocou a cidade seria a não aceitação pela garota das medidas corretivas do pai.

“Após o crime os dois cúmplices fugiram, ocasião que o rapaz de 19 anos jogou a camiseta usado no crime próximo ao trilho do trem, localizada durante as diligências policiais e encaminhada para perícia”, falou o delegado responsável pelo caso, Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, delegado-titular da 3ª Subdivisão Policial de São Mateus do Sul.

O delegado completa ainda que os investigadores chegaram até a residência do menor e também apreenderam as roupas utilizadas por ele no crime. “Além das roupas apreendemos os celulares dos dois menores envolvidos do caso, tudo será analisado pela perícia”, falou Amaral.

Na delegacia, a menina entrou em contradição e depois confessou o crime alegando que o pai era muito rígido com ela. Os dois homens envolvidos também confessaram os fatos. A adolescente falou que esperou o pai sair de casa para arquitetar tudo com seus dois comparsas.

A dupla de menores responderá por ato infracional equiparado a homicídio triplamente qualificado. Já o rapaz de 19 anos foi autuado em flagrante por homicídio triplamente qualificado e corrupção de menores. Se condenado poderá pegar mais de 30 anos de reclusão. Todos aguardam à disposição da Justiça.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -