CONHEÇA AS 04 FASES VIVIDAS PELA FAMÍLIA DE UM DEPENDENTE QUÍMICO Sem avaliações ainda.

1ª QUANDO SE DESCOBRE : A tendência da família quando descobre o vício do familiar é de retaliação, imposição, agressividade e muita cobrança. Esse tipo de reação da família se deve ao fato de no início associarem o vício ao desvio de conduta, de caráter.

Se de fato o vício fosse apenas questão de escolhas, essa reação da família poderia até funcionar, mas não é bem assim.

“Entrar é uma escolha, sair é uma necessidade”

2ª TENTATIVA DE AGRADÁ-LO: Na ideia de que falharam em algum momento, os pais procuram se transformar nos melhores pais do mundo. E dentro de suas condições começam a oferecer tudo o que poderiam cumprir. Viagens, carro, dinheiro, cursos, escolas melhores, etc.

Tudo com o objetivo de mostrar ao familiar viciado o quanto se importam com ele e que querem o bem dele.

Ele até aceita e promete que vai mudar, mas não consegue cumprir com sua promessa.

3ª TENTATIVA DE AJUDÁ-LO: Essa fase normalmente acontece quando o próprio familiar viciado pede ajuda. Então vem as internações, tratamentos com psiquiatra, psicólogos, cap’s, grupos de auto ajuda, etc, o que infelizmente na sua grande maioria não conseguem recuperar o viciado . Ou porque não dizer todos, uma vez que todos esses tratamentos afirmam que o vício é uma doença incurável, progressiva e fatal.

A verdade é que chega a hora que as internações deixam de ser uma tentativa de cura e passam a ser o refúgio da família, que diante do quadro incontrolável do familiar viciado, acaba optando por interná-lo mais uma vez,na tentativa de pelo menos livrá-lo de algum mal maior.

4ª A FASE DA CODEPENDÊNCIA : É onde a codependência se manifesta de uma forma maior. Nessa fase a família, depois de tentar de tudo, entra em depressão, angústia, tristeza e são controladas por emoções negativas .

Muitos adoecem, passam a viver à base de medicamentos, mudam sua rotina de vida. E nesse desespero, deixam de viver suas vidas, seus sonhos, seus objetivos, para viver a vida do viciado. E se tornam tão necessitados de ajuda quanto o familiar viciado.

Existe um tratamento que vem ajudando não só ao viciado, mas também as famílias a combaterem este mal.

Sem internações, sem medicamentos e sem custos !

Todo domingo as 15hrs na Rua João Negrão, 1510 – Rebouças – Curitiba – PR 

Quer tirar suas dúvidas ou aconselhamento? Envie um WhatsApp para o especialista: (41) 99789-0871

 

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Escreva seu nome aqui