Coritiba mostrou evolução em vitória sobre Vila Nova que colocou time no G-4 Sem avaliações ainda.

Após vencer o Vila Nova por 2 a 0 na noite da última sexta-feira (26/05), o Coritiba conseguiu manter o 100% de aproveitamento em casa e ainda, atingiu um objetivo que pretende manter até o fim da temporada: estar dentro do G-4. Pela primeira vez o time se fixa entre os quatro primeiros que sobem à Série A, ao somar 14 pontos e se posicionar na quarta colocação. Mais do que o placar e o resultado positivo obtido diante de um concorrente direto na luta pelo acesso, o time mostrou evolução.

“Acho que ela ficou bem evidente, é só ver a nossa postura hoje (sexta) e a do último jogo. A Série B é essa leitura. Se o adversário ver que você não está encarando forte e disposto a brigar, ele ganha confiança e cresce. A imposição física faz muita diferença. Se tivermos uma pegada forte, eles vão fazer a diferença na parte técnica. É isso que a gente tem pedido para eles e hoje (sexta) conseguiram traduzir isso dentro de campo”, disse satisfeito o técnico Eduardo Baptista, após o jogo. “Queríamos entrar no G4 hoje, mas é longe do nosso objetivo. Ficamos contentes, mas é só uma amostra do que queremos conquistar”, emendou.

Com duas mudanças obrigatórias por conta de suspensão – Alex Alves e Júlio Rusch ficaram de fora, o treinador escalou Geovane e João Paulo, respectivamente e na frente, promoveu a estreia como titular de Alisson Farias, recentemente contratado junto ao Brasil de Pelotas. Alisson que entrou no lugar de Guilherme Parede deu mais qualidade ofensiva ao time, tanto que o primeiro gol, foi dele o preciso passe para Chiquinho emendar para o gol, logo aos 4 minutos de jogo.

O Coritiba marcou forte o Vila Nova e deu poucos espaços para o adversário ameaçar. E diferente de outros jogos, o goleiro Wilson, não foi tão exigido e nem saiu de campo como o melhor jogador da partida, o que refletiu na diminuição de sofrimento do torcedor coxa-branca nas arquibancadas. “Sempre cobramos um time aguerrido e hoje (sexta) foi extremamente. Mesmo com os desfalques, tivemos uma boa consistência, com a defesa muito segura. Jogamos contra um dos melhores ataques da competição e não fizeram bom jogo porque foram bem marcados. Aos poucos eles vão entendendo e vão ganhando confiança, que é o mais importante”, avaliou.

O Coritiba volta a campo na próxima terça-feira (29), contra o Londrina, jogando no Estádio do Café, às 21h30.

 

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Escreva seu nome aqui