Porque Fazenda Rio Grande é tida como cidade dormitório 1/5 (1)

Olá queridos amigos de todas as semanas, hoje mais uma vez estamos a puxar a brasa para a sardinha desta que temos como a cidade sede do nosso jornal, a nossa querida Fazenda Rio Grande. Afirmo, contudo, que antes de tecer qualquer comentário, fomos em busca das reais informações de o porquê a grande maioria da população fazendense apenas dorme aqui e tem sua vida ativa em Curitiba, a Capital de todos os paranaenses. Não é por ostentação, para dizer que mora em Curitiba, e muito menos para fazer suas compras na capital! É tão somente por não ter opção de desfrutar do melhor. E isto porque uma grande parcela do comércio que se instalou em FRG não oferece o melhor, e sim o de segunda ou até terceira linha de produtos. Será que é pensando que o povo daqui não gosta de coisas boas também, ou que a nação que tem Fazenda como sua cidade lar não dispõe de cifras para adquirir o melhor que o mundo tem para oferecer???

Fomos conferir de perto em supermercados, lojas de roupas e calçados e até mesmo no único cinema que aqui se instalou. Sim, fomos conferir nas lojas que estão instaladas em centros comerciais e galerias da cidade, que dizem ser shoppings de FRG. Pois bem! Em supermercados que ostentam a alcunha de maior rede da cidade você não encontra aquilo que vai buscar e sim o que querem lhes oferecer. E afirmo isto nobríssimos por fazer parte desta nação e já ter buscado algo que minha gula pedia e não ter encontrado em nenhum dos supermercados que a cidade tem para atender os seus quase – se não mais – de duzentos mil habitantes. Isto sem falar naqueles que por aqui passam e adentram a tais estabelecimentos para levar suas compras para suas casas e saem com as mãos abanando. Aquela população da redondeza, que mora na circunvizinhança, e aqueles que ainda moram na roça!!!

Lembro-me que em um dia não muito distante me senti desejoso em comer um queijo minas. Sabe aquela vontade? E no afã de matá-la recorri as redes de supermercados e demais redes deste ramo e sabe o que aconteceu? Dormi com vontade! Sim, e até mesmo este supermercado que se instalou as margens da BR-116, dizendo trazer a realidade em supermercados para a população fazendense, trouxe aquilo que mencionamos no início desta que chamamos de abençoada participação, ou seja, somente a terceira ou quarta linha de produtos que o mundo alimentício oferece para ser consumido!!!

Digo isso com firmeza, meus nobríssimos destas tantas semanas, principalmente em se tratando destes que compõe as grandes redes de supermercados e que recentemente se instalaram em Fazenda Rio Grande por um dia, quando ainda participava de um programa jornalístico de rádio em Curitiba, onde tínhamos um momento em que divulgávamos um trabalho feito pela Prefeitura de Curitiba chamado disque economia, onde são divulgados os pontos em que diariamente são encontrados os menores preços, principalmente dos produtos que compõe a cesta básica. Sim, fui chamado pelo diretor comercial desta empresa supermercadista, a gigante que se instalou em FRG e que se diz a maior rede de supermercado de Curitiba, sim aquela que diz andar de mãos dadas com você, em que o tal diretor pediu para não mencionar o seu estabelecimento, pois em cada loja, dependendo da localização e o tipo de clientes, os produtos e preços são diferenciados!!!

E hoje vendo Fazenda Rio Grande estar inclusa neste imbróglio podemos concluir que o povo é tratado com aquilo que eles querem. E não só com aquilo que eles querem te vender, mas também com o preço que lhes enfiarão goela abaixo. E por aí vamos seguindo e dizendo que não é só Fazenda Rio Grande que é esfolada desta forma, e sim todas as cidades que contam com estas que se dizem grandes redes não só de supermercado, mas também de calçados, vestuários, perfumaria e outras coisas mais. Observamos em todos os segmentos do mercado que as empresas se instalam nas cidades adjacentes a Capital para tentar levar a ideia de o mesmo produto, os mesmos preços, porém o povo não é mais otário e não tem caído nestas falcatruas. E aí ficam dizendo que o povo da RMC é orgulhoso e que não valoriza o comércio de seus municípios, quando na verdade são os comerciantes que não valorizam o consumidor!!!

Alou Fazenda Rio Grande, um passarinho me disse que uma grande rede de supermercado comprou uma área de terreno aí no município e que no prazo máximo de um ano estará inaugurando uma mega loja de supermercado que a população desta cidade tanto necessita. É claro que não podemos generalizar, pois nos dias atuais temos visto, acompanhado a par e passo pessoas que realmente lutam para suprir a mesa da população fazendense com o melhor pelo menor preço sempre. É o caso do Suprimais Supermercados, que inaugurou recentemente a mais moderna e completa loja do ramo e na medida até do impossível vem atendendo a população de FRG de forma até extraordinário em termos de qualidade de produto, sempre com o menor preço!!!

Não posso jamais me despedir sem, é claro, salientar sobre o cinema que se instalou na cidade e também não satisfaz o anseio que a população fazendense merece. Não trazendo para FRG as principais estreias do cinematográfico. E assim me vou fazendo deste meu desabafo o seu repúdio povo amigo de Fazenda Rio Grande e demais cidades que compõe a metrópole Curitiba. Digo-lhes mais, eu abono o seu desdém para com os usurpadores e não comerciantes que merecem serem engolidos pelas grandes redes que estarão chegando em todos os sentidos para levar a todos aquilo que cada ser vivente chamado humano merece. Um forte abraço e viva O Senhor Jesus!!!!

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -