Borboletas ou Mariposas?

Desde a queda do Regime Militar, o Brasil vive um período de grande estagnação econômica. São mais de 30 anos de crescimento econômico medíocre. Foi um período de governos de esquerda, de grandes promessas e quase nada fizeram. O Brasil viveu em círculos que não levaram a nada. Se transformou numa mariposa voando em torno da luz de um poste, imaginando que estava voando em direção ao sol.

Um último desses voos que não levam a nada, é esse tabelamento dos fretes mínimos do transporte dos caminhoneiros autônomos. É evidente que é uma grande burrice. Os caminhoneiros imaginam que um tabelamento vai salvar a sua profissão, doce ilusão.

O Brasil precisa se livrar desse pesadelo de governos incompetentes, que só querem se preservar no poder e nada mais. É urgente desmontar esse governo desgovernado. É preciso reduzir o tamanho do Estado a pelo menos a metade e reduzir a carga dos impostos. Privatizar o máximo possível, se livrar dessas empresas estatais que são sanguessugas dos recursos do Estado. E reduzir a folha de pagamento de funcionários públicos, reduzindo a quantidade e o salário.

Chega de ter governos obesos, o Brasil precisa de um governo esbelto, ágil e produtivo. É fundamental recuperar o tempo perdido com esses governos de esquerda, que só sabem desviar recursos públicos para o proveito pessoal.

O primeiro passo é libertar a economia para a concorrência. Chega de entraves que impedem o crescimento. O Estado precisa reduzir os controles ao mínimo necessário. Os entraves que foram criados nos últimos anos precisam acabar.

Essa estrutura de autorização para cada nota fiscal a ser emitida é um mausoléu à estupidez humana. A solução é um imposto único, muito mais fácil de calcular e controlar. Um imposto sobre as transações financeiras, como IOF e só.  Para que esse monte de controles que não controlam nada. É só uma maneira de esconder a corrupção e dar emprego a um monte de cabos eleitorais.

A educação pública fundamental de qualidade deve ser o maior objetivo do governo. Meta que sempre foi apregoada, mas muito pouco realizada. Bons exemplos existem mundo afora, só falta vontade.

A Operação Lava Jato da Polícia Federal mostrou como os governos de esquerda funcionaram. Centenas de políticos estão envolvidos em corrupção. É preciso julgá-los e prendê-los. O maior símbolo da corrupção brasileira é o ex-presidente Lula e está preso. Muitos outros políticos brasileiros devem seguir o mesmo caminho.

Mas só prender políticos corruptos não é suficiente. É preciso eleger novas pessoas que queiram trabalhar para a construção do Brasil. É urgente a renovação dos quadros executivos e legislativos.

Precisamos de pessoas ousadas e trabalhadoras e não de mentirosos. O momento de grandes transformações é agora. O Brasil precisa se libertar e alçar novos voos. O mundo está com fome. Temos um grande potencial de produzir alimentos, precisamos melhorar a nossa competitividade. Construir melhores portos, melhores estradas, melhores rodovias. Tabelar os fretes rodoviários é uma forma de atrasar ainda mais o crescimento da nação.

Melhorar as condições de vida dos caminhoneiros é outra coisa. Por que não cuidar da manutenção das estradas? Avaliar as tarifas de pedágio e analisar os contratos de concessão é muito mais produtivo. Reduzir a carga de impostos nos combustíveis vai melhorar muito a competição entre os modais de transporte.

O que está faltando ao Brasil são políticos com visão de futuro. Que consigam enxergar o sol e lançar o país a voos mais sólidos. É urgente reforma o Estado Brasileiro, quem se habilita? Quem quer cortar a quantidade de funcionários públicos à metade? Quem tem a coragem de acabar com os privilégios da acumulação das aposentadorias do setor público? E você eleitor, quem vai eleger nas próximas eleições, borboletas ou mariposas?

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -