Em dia atrapalhado pela chuva, brasileiros vencem no vôlei de praia em Viena

Por Estadão Conteúdo
A quinta-feira foi agitada na etapa de Viena do Circuito Mundial de vôlei de praia. Em um dia com a programação repleta de jogos pelas chaves masculina e feminina, fortes ventos e a chuva causaram transtornos e adiaram várias partidas. Mas os representantes do Brasil na competição de nível cinco estrelas não decepcionaram quando conseguiram entrar em quadra.

Duas duplas conseguiram jogar duas vezes pelo naipe masculino, com uma vitória e uma derrota – casos de Ricardo/Guto e Pedro Solberg/Bruno Schmidt, que disputarão a repescagem. Já Alison/André Stein e Evandro/Vitor Felipe, que venceram na primeira rodada, tiveram os seus jogos adiados para esta sexta-feira por conta das condições climáticas e buscarão vaga antecipada às oitavas de final.

Alison e André Stein estrearam no Grupo F com vitória por 2 sets a 0 (21/17 e 21/13) sobre os holandeses Varenhorst e Bouter. No segundo duelo do dia, valendo a liderança da chave, enfrentariam os canadenses Ben Saxton e Grant O’Gorman, mas o jogo foi adiado pela tempestade.

“É muito bom começar com vitórias. Viemos de dois torneios com resultados ruins, então isso aumenta nossa confiança. Está bastante quente, temos que continuar administrando e ir corrigindo os detalhes. Estou passando por essa adaptação, antes revezava no bloqueio, agora fico apenas na defesa. Estamos nos ajustando, com o Alison no bloqueio fica fácil. Estou trabalhando principalmente a leitura de jogo para evoluir”, disse André Stein.

Evandro e Vitor Felipe largaram em Viena vencendo os alemães Julius Thole e Clemens Wickler por 2 sets a 0 (24/22 e 27/25). O segundo jogo da chave G, que valerá a liderança e vaga direta às oitavas de final, foi transferido para esta sexta-feira contra os letões Samoilovs e Janis Smedins.

Já Ricardo/Guto e Pedro Solberg/Bruno conseguiram jogar as duas rodadas nesta quinta-feira, pelo Grupo E. No primeiro duelo, os compatriotas brasileiros se enfrentaram, com vitória de Ricardo e Guto por 2 sets a 1 (18/21, 21/13 e 15/12).

“Sabemos que estamos com mais jogos que todos, pois jogamos uma vez pelo ‘country quota’ e duas vezes pelo classificatório. Mas a gente gosta, tem seus prós e seus contras, ficamos com um ritmo alto. O jogo contra Pedro e Bruno foi decidido nos detalhes, conseguimos acertar os erros, mas é sempre uma partida complicada, sabíamos que seria assim”, disse Guto.

Na rodada seguinte, valendo liderança da chave, Ricardo e Guto foram superados por 2 sets a 0 (21/14 e 21/18) para os holandeses Brouwer e Meeuwsen, terminando em segundo lugar. Já Pedro Solberg e Bruno Schmidt se recuperaram e venceram os chilenos Marco e Esteban Grimalt por 2 a 1 (21/19, 15/21 e 15/12), ficando em terceiro. Ambos disputarão a repescagem.

FEMININO – Fernanda e Bárbara entraram em quadra nesta quinta-feira contra as russas Ukolova e Birlova pela repescagem, vencendo em sets diretos – com parciais de 21/16 e 21/18. Com isso, as três duplas brasileiras do naipe feminino se garantiram nas oitavas de final, já que Ágatha/Duda e Carol Solberg/Maria Elisa haviam conquistado a vaga por antecipação.

Nas oitavas de final, Fernanda e Bárbara encaram as polonesas Kolosinska e Kociolek nesta sexta-feira. Ágatha e Duda enfrentarão as alemãs Behrens/Ittlinger, enquanto que Carol Solberg/Maria Elisa joga contra as russas Makroguzova/Kholomina.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -