Ibovespa sobe 0,42% com NY e Petrobras

Por Paula Dias, Estadão Conteúdo

O mercado brasileiro de ações teve mais um pregão de ganhos nesta quinta-feira, 2, sob influência das bolsas de Nova York e do desempenho individual de alguns papéis específicos, como Petrobras e Ultrapar. O índice terminou o dia aos 79.636,69 pontos, com ganho de 0,42%. O volume de negócios com ações na B3 somou R$ 8,7 bilhões.

A melhora de humor gerada pelo cenário corporativo nos Estados Unidos contribuiu para o viés positivo à tarde. Pela manhã, o temor de intensificação da guerra comercial entre Estados Unidos e China gerou aversão ao risco, impondo queda à bolsa brasileira

As ações da Petrobras foram o grande destaque de alta e de volume negociado na Bolsa. Os papéis subiram 1,68% (ON) e 2,00% (PN), em resposta ao avanço expressivo dos preços do petróleo e à proximidade da divulgação do balanço trimestral da empresa, amanhã. Já Ultrapar ON disparou 7,56% e foi a maior alta do Ibovespa, depois de divulgar resultado trimestral melhor que o esperado, mostrando menor impacto da greve dos caminhoneiros que o inicialmente estimado.

Em Nova York, a chegada da Apple à marca de US$ 1 trilhão em valor de mercado restaurou o otimismo dos investidores do mercado norte-americano com ações do setor de tecnologia. Com isso, o índice Nasdaq subiu mais de 1% e ajudou a puxar para cima o S&P-500 e reduzir as perdas do Dow Jones, que ainda refletia as novas pressões dos Estados Unidos para sobretaxar a importação de produtos de origem chinesa.

No cenário político, o noticiário esteve mais relacionado às negociações por alianças e pela posição de vice nas chapas dos candidatos e pré-candidatos. O pré-candidato Geraldo Alckmin (PSDB) não anunciou o nome de seu vice, mas fez elogios à senadora Ana Amélia (PP-RS). Ela, por sua vez confirmou que foi sondada, mas não deu resposta formal ao convite. Já o PP deixou claro para a campanha do tucano que Ana Amélia não é uma indicação do partido e que, portanto, não deve ser encarada como de alguém da “cota” da legenda. Dessa forma, a escolha da gaúcha está sendo encarada como uma decisão da conta de Alckmin.

Já o presidente nacional do PV, José Luiz Penna, confirmou no final da tarde que o partido fechou uma aliança com a Rede Sustentabilidade e que o ex-deputado Eduardo Jorge será candidato a vice na chapa de Marina Silva à Presidência. “O PV entendeu que essa aliança fortalece as composições nos Estados”, disse Penna. Segundo o dirigente, o anúncio oficial da aliança será feito amanhã.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -