Festival de Cinema Curta Pinhais registra recorde de inscrições

Com mais de 300 inscritos, o 6º FESTCINE teve 200 inscrições a mais se comparado à edição passada. Deste total, 91 filmes foram selecionados para a exibição

Com mais de 300 inscritos, a 6ª edição do Festival de Cinema Curta Pinhais (FESTCINE) teve recorde de participação com 200 inscrições a mais se comparado à edição passada. Deste total, 91 filmes foram selecionados para a exibição. Os vencedores de cada categoria foram conhecidos durante o evento de abertura e premiação, realizado na noite desta segunda-feira (23).  As sessões serão gratuitas e exibidas até o dia 27 de abril.

Nesta edição estiveram representados os Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

O Festival, realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, por meio do Departamento de Cultura, tem como principais objetivos: despertar e estimular maior interesse da população, do público escolar e da comunidade em geral pela sétima arte em todas as suas formas; estimular o desenvolvimento do mercado para os amadores que atuam na área e dar visibilidade às produções amadoras e independentes. Além disso, também visa proporcionar possibilidades para novos talentos e promover intercâmbio entre artistas, produtores, diretores, distribuidores, público e entidades culturais afins de todo o território nacional.

Estiveram presentes no evento o secretário de Administração, José Martins, que representou a prefeita Marli Paulino; o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Bruno Sitima; o diretor de Cultura, Marcos Oliver; além do ator Emílio Pitta e concorrentes das categorias acompanhados de seus convidados.

“Sabemos que fazer cinema no Brasil é muito difícil e em Pinhais temos incentivado estes profissionais dando a oportunidade para que exibam as suas produções ao público. Infelizmente muita coisa boa ficou de fora, mas estamos muito satisfeitos por ter recebido tantos trabalhos de qualidade. Convidamos a todos para que prestigiem o Festcine, que foi preparado por uma equipe muito comprometida”, declarou Bruno Sitima.

Candé Faria, diretor do curta-metragem “E Agora me Calo de Vez”, vencedor da categoria Desenho de som – Ficção, não pôde participar do evento, mas enviou um recado. “Queremos agradecer toda organização do festival, pois vocês não sabem como é importante este incentivo, pela dificuldade em fazer cinema no país, principalmente curta-metragem. Estamos muito felizes, muito obrigado a todos e espero que gostem do nosso filme”, declarou o diretor.

Vencedores

  • Melhor Filme Longa-Metragem

Onde Nascem os Bravos – Direção: Daniel Abreu Diogo de Siqueira

  • Filme Destaque Pinhais

Quem eu sou? Subcultura Gótica – Direção: Gilmar da Silva Montargil e Gabriel Vaz Freier – DOCUMENTÁRIO

  • Desenho de som – Ficção

E Agora me Calo de Vez – Rodolpho Rebuzzi, Bernardo Gebara, Valter de Barros e Paulo Ferreira

  • Fotografia – Ficção

O Menino e O Louco – Alex Sernambi

  • Curta-Metragem Estudantil (com câmera de celular)

A Busca da Felicidade – Direção: Vitor Nascimento e Murilo Pereira (Col. Est. Amyntas de Barros – Pinhais)

  • Roteiro Documentário

Ney Souza – O Senhor do Tempo – Estevan Silveira

  • Roteiro ficção

O Vestido de Myriam – Lucas H. Rossi

  • Melhor Filme Animação

A Guerra do Brasil – Direção: Alessandro de Castro Alvim

  • Direção Documentário

7 contra 1 – Benjamin Potet

  • Direção Ficção

Casca de Baobá – Mariana Luiza

  • Curta-Metragem Documentário

Marcas da Ditadura na Vida de Um Ator – Direção: Rosa Berardo

  • Melhor Ator

Bid – A Licitação – Tim Hildebrand, como “Bernard”

  • Melhor Atriz

Rainha – Ana Flávia Cavalcanti, como “Rita”

  • Clipe Musical

Maria – Direção: Leonardo Augusto Flemming

  • Curta-Metragem ficção

O Vestido de Myriam – Direção: Lucas H. Rossi

- Anuncie Aqui -