‘Ainda acho que foi injustiçado’, diz Mamma Bruschetta sobre Moacyr Franco

Por Estadão Conteúdo
A apresentadora Mamma Bruschetta defendeu o humorista Moacyr Franco, que foi demitido do SBT após 20 anos de emissora em 2017.

À época, Moacyr causou polêmica ao afirmar que recebia um salário “insignificante” de R$ 40 mil reais.

“Ainda acho que ele foi muito injustiçado. Amo o Moacyr Franco de paixão. E muita gente nem sabe quem é. […] Moacyr Franco merecia, e merece ainda, estar na televisão o tempo inteiro”, afirmou em entrevista ao programa “Superpop” da última quarta-feira, 18.

E prosseguiu: “Ele é qualidade brasileira, um homem que representa o povo brasileiro. Saiu de Ituiutaba em Minas Gerais pra ganhar o mundo.”

“Fiquei muito triste quando ele saiu do SBT. E mesmo quando ele tava no SBT, eu sempre senti uma coisa que me dava dó de ver que ele não era bem aproveitado pelo talento que ele tem nesse mundo”, contou Mamma, que acrescentou que “se ele tivesse nos Estados Unidos, na Europa, seria um grande astro da televisão e do cinema”.

Em determinado momento do programa, a apresentadora do “Fofocalizando” chegou a se emocionar: “Algumas músicas dele me lembram minha mãe, me lembram minha Nonna, me lembram alguns amores que eu tive.”

“Me vem na mente um homem que tem uma alma de poeta, que não é desse mundo, que tem uma vibração tão forte nas suas letras que consegue envolver a gente sem a gente lembrar que ele é palhaço, humorista”, opinou.

- Anuncie Aqui -