Por que queremos sempre ser os primeiros???

Olá nobríssimos já de um punhado de semanas, nesta edição quero compartilhar com vocês uma mensagem que a mim foi enviada por um Líder Espiritual da igreja em que congrego. E a mesma pergunta que a mim foi feita nesta mensagem faço a vocês que neste momento estão conectados comigo nesta que costumo chamar de abençoada participação de todas as semanas: “Quem não gosta de ser o primeiro da fila, viajar em primeira classe, ou receber o primeiro pedaço de bolo?” Aposto que todos responderiam “EU GOSTO”, sem titubear. Pois é, mas ninguém jamais pensaria em oferecer esta mesma primícia Àquele que nos criou e que nos tem acrescentado dias em nossas vidas, assim como neste exato momento está nos dando o ar para respirarmos e que nos mantém vivos!!!

Notem comigo caros leitores que o tema que trazemos a baila nesta oportunidade tem sido o maior vilão, ocasionador de atrocidades entre o ser vivente chamado de humano. E por que não misturarmos tal assunto entre nós a nação da terra do Pau Brasil, o povo Tupiniquim, que tem se digladiado para ser sempre o elementar, o rudimentar, seja lá em qual circunstância esteja pleiteando? Mas se observado for a verdadeira causa é sempre pela luta para estar em primeiro lugar. Avaliem comigo desde o alto comando do nosso querido, desossado, porém ainda muito rico e muito amado Brasil varonil, desde o Presidente até o de menor expressão entre a corja que compõe aqueles chamados de políticos que controlam principalmente a arrecadação de impostos, assim como o desvio de verbas dos cofres públicos. Sempre tem um querendo ser o primeiro, aquele que quer roubar um cadinho a mais que seus demais companheiros!!!

Nobríssimos de todas as semanas, lhes afirmo categoricamente que não é tão somente no meio político que isso ocorre. Não é só na casa do seu vizinho. De forma nenhuma! Tudo começa aí mesmo dentro de você, no seu coração. E por que não dizermos que o pau começa a descer a foia, dito popular, aí mesmo em seu próprio quarto, com aquela pessoa com a qual você o divide. Ou todo mundo aí em sua casa é santo? Se disser que sim já pecou. Pois é amado irmão, o quão difícil é dividirmos o ar que respiramos com o nosso irmão, mesmo recebendo-o gratuitamente sem ter que pagar absolutamente nada!!!

Mas o pior passa a acontecer em nosso dia a dia quando saímos do portão de nossas casas, quando colocamos nossa cara na rua, pois aí passamos a dividir o jogo do primeiro lugar com pessoas que apenas sabemos que são seres viventes chamados de humanos assim como nós, entretanto, desconhecemos a índole de cada um na corrida desta longa e espinhosa estrada da vida!!!

Aposto que você já está viajando comigo na leitura desta nossa participação, já lembrando da fechada que levou na primeira quadra ao sair de sua casa. Ou você que ainda depende de um busão, teve mais uma vez que dividir um metro quadrado dentro do ônibus com mais quatro pessoas, pois é o que permite a legislação do país ao monopólio que desfruta do transporte público brasileiro. O pior é lembrar as amigas leitoras que sofrem com o tal esfrega-esfrega daqueles atrevidos que por serem homens se acham no direito de abusarem das mulheres quando podem, sob a desculpa de que estão apenas se colocando em um espaço privilegiado dentro da condução, a disputa do primeiro ou melhor lugar como queiram. Mas o mais difícil de tudo são aqueles que dividem espaço conosco dentro de um ônibus e que não tem por costume tomar o abençoado banho, aí só a misericórdia de Deus mesmo!!!

Sim, e isso nobríssimos acontece em toda e qualquer circunstância no corre do nosso dia a dia. E em meio a tanta amargura, se perguntados fossemos em relação ao nosso convívio com O Nosso Senhor Jesus, a grande maioria da boca para fora diria que Ele é sua prioridade em todos os instantes de suas vidas. Contudo afirmo-lhes com todas as letras que a grande maioria só se lembra de Deus quando dá uma topada com o dedão em uma pedra e arranca a unha ou quando sofre outra atrocidade ainda maior, principalmente quando no tocante financeiro. Aí sim a pessoa esbraveja e o primeiro a quem recorre é a Deus, dizendo “por que o Senhor deixou acontecer isto comigo?”, dentre outras murmurações mais!!!

O grande “Q” da questão em pauta foi que Deus nos criou para adorá-Lo e não para sermos adorados por Ele. Pois é, não foi por acaso que o primeiro dos Dez Mandamentos iniciou assim: Eu sou o SENHOR teu Deus…“Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua mente. Não terás outros deuses diante de Mim”. Leia lá no livro de Êxodo, capitulo 20!!!

SimDeus quer ser o único alvo de nossa fé. Nossa prioridade. Isso não é difícil entender, mas sim praticar. Apesar de dizermos que sim, será mesmo que O colocamos e tratamos como o primeiro em nossas vidas? É obvio que chegará o grande dia em que uma incontável multidão estará diante do Senhor Jesus para o grande dia do juízo final e a frase que mais se ouvirá será: “Eu não sabia”!!!

Acredito nobríssimos de que um enorme percentual da geração nascida até então não tenha sequer ouvido falar nos Dez Mandamentos deixados pelo Senhor Deus dos Exércitos, os quais foram reduzidos a dois quando por aqui passou o Nosso Senhor Jesus, mas sempre mantendo o primeiro que é: “Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua mente. Este é o maior e o primeiro dos mandamentos. E complementando o segundo mandamento do Nosso Senhor que é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo!!!

Pense nisso esta semana. Vamos avaliar o que nossas atitudes, pensamentos e sentimentos dizem sobre nossas prioridades. Ah, mantenham aceso em vossos corações, vamos renovar cem por cento o Congresso Nacional: “NÃO A REELEIÇÃO E AOS FILHOS DOS RAPOSÕES”. Um forte abraço e viva O Senhor Jesus!!!

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -