Trânsito: Temer assina termo de consulta para adesão a acordos internacionais

Por Julia Lindner, Estadão Conteúdo

O presidente Michel Temer reforçou que espera reduzir à metade o número das mortes em acidentes de trânsito na próxima década. Em breve discurso durante cerimônia de comemoração dos 20 anos do Código de Trânsito Brasileiro, ele recomendou que a população deve “obedecer a lei e, em especial, o Código de Trânsito”.

Temer e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, assinaram um termo de consulta que será enviado ao Congresso Nacional de adesão a acordos internacionais visando à redução da mortalidade no trânsito. No evento, também estava presente o piloto Felipe Massa, embaixador da FIA para Segurança Viária.

Desde 2011, o Brasil participa de iniciativas para atender às exigências da Década de Ação pela Segurança no Trânsito da ONU. O documento recomenda aos países-membros a elaboração de um plano diretor para guiar as ações nessa área no decênio. A meta é diminuir em 50% a acidentalidade no trânsito em âmbito mundial

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -