Jorge Zarif fecha dia em 4º e se mantém na luta por pódio em evento-teste da vela

Foto: Reprodução Instagram
Por Estadão Conteúdo
O brasileiro Jorge Zarif fechou em quarto lugar o sábado de disputas da etapa de Enoshima da Copa do Mundo de Vela, primeiro evento-teste da modalidade visando os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, e assim se manteve na luta por um lugar no pódio da classe Finn na competição realizada no Japão.

Nas três regatas que disputou no dia, o velejador ficou em 2º, em 6º e em 14º lugar, respectivamente, e a somatória de resultados lhe garantiu na quarta posição na classificação geral, com 43 pontos perdidos. O líder geral é o holandês Nicholas Heiner, seguido pelos britânicos Giles Scott e Edward Wright, respectivos segundo e terceiro colocados no geral.

A medal race, a regata da medalha, está prevista para ocorrer neste domingo, quando Zarif lutará para garantir a presença de mais um brasileiro no pódio da competição. O principal destaque do País no evento até agora é a dupla formada por Martine Grael e Kahena Kunze, que na última sexta-feira já havia assegurado o ouro na classe 49erFX por antecipação.

Atuais campeãs olímpicas, depois de terem triunfado nos Jogos do Rio, em 2016, as brasileiras finalizaram participação em Enoshima com um quarto lugar na última regata e aproveitaram o título obtido por antecipação para adquirir o máximo possível de conhecimento da raia que abrigará as provas da vela dos Jogos de Tóquio.

Elas terminaram a competição com apenas 19 pontos perdidos, com ótima vantagem sobre as neozelandesas Maloney e Meech (45) e as suecas Wester e Netzler (48), que completaram o pódio respectivamente na segunda e terceira posições.

“Essa foi a primeira vez que ganhamos um campeonato com tanta vantagem e ficamos muito felizes porque foi na raia olímpica. Atingimos a nossa meta nesse evento. Conseguimos estar muito sincronizadas e, sobretudo, velejamos bem nessas condições desafiadoras de Enoshima”, afirmou Kahena ao comentar a participação no evento-teste da vela.

Sem chance de lugar por um lugar no pódio, a brasileira Patrícia Freitas ficou fora da final na classe RS:X feminina e terminou sua participação na 12º colocação.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -