Em reunião da executiva nacional, DEM referenda expulsão de Elcio Queiroz

Foto: Divulgação

Por Camila Turtelli / Estadão Conteúdo

Em reunião da executiva nacional do DEM, o partido referendou por unanimidade a expulsão de Elcio Queiroz, preso sob a acusação dirigir o Cobalt usado na morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle. Elcio já havia sido expulso do partido oficialmente na terça-feira. Nesta quarta-feira, 13, no entanto, a decisão foi referendada pelos membros que participam da reunião.

O encontro está sendo realizado no Senado com a participação do presidente da legenda, o prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (AP), o da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (MS), entre outros.

Além da expulsão do acusado, eles também estão debatendo questões sobre dívida de campanha, regras para convenções e o calendário da legenda.

Durante a reunião, o governador de Goiás, Caiado, pediu para que o partido declare seu apoio ao governo de Jair Bolsonaro.

- Anuncie Aqui -