Em dia de homenagens a Pepe, Portugal bate Itália na estreia da Liga das Nações

Por Estadão Conteúdo

Portugal estreou com vitória na Liga das Nações da Uefa. Em sua primeira partida no novo torneio criado pela entidade, a seleção recebeu a Itália no Estádio da Luz nesta segunda-feira, em Lisboa, e fez valer sua superioridade em campo ao vencer por 1 a 0, com gol de André Silva. O dia também ficou marcado pelas homenagens ao zagueiro Pepe por ter completado 100 jogos com a camisa do país.

O brasileiro naturalizado português chegou à marca centenária diante da Croácia, na última quinta-feira, mas as homenagens ficaram para esta segunda. Antes da partida, ele foi presenteado com uma placa pelos serviços prestados à seleção e viu uma faixa com seu nome ser estendida na torcida.

Em campo, Pepe teve pouco trabalho diante da fragilidade do setor ofensivo italiano. Após duas partidas, a Itália soma apenas um ponto no Grupo 3 da Liga A, a primeira divisão do torneio. Já Portugal lidera com três pontos. No dia 11 de outubro, os portugueses encaram a outra integrante da chave, a Polônia, em Chorzow.

O começo de jogo desta segunda foi bastante movimentado e Portugal levou apenas três minutos para criar a primeira chance, com William Carvalho, que desperdiçou de cabeça. A resposta da Itália veio aos 14, com Chiesa, que encheu o pé e exigiu boa intervenção do goleiro Rui Patrício.

Mas Portugal era mesmo superior e quase marcou o primeiro aos 26 William Carvalho recebeu cruzamento e ajeitou de cabeça para o meio. Donnarumma saiu mal, Bernardo Silva ficou com a sobra e bateu. Mas Romagnoli estava em cima da linha e salvou a Itália.

Cinco minutos mais tarde, Mario Rui recebeu pela esquerda e tentou o cruzamento rasteiro. A bola desviou em Cristante, encobriu Donnarumma e bateu no travessão. A insistência portuguesa teve sequência aos 34, em chute cruzado de William Carvalho que raspou a trave, mas as equipes foram para os vestiários em igualdade.

No segundo tempo, Portugal foi bem mais eficaz e precisou de apenas dois minutos para marcar o gol da vitória. Bruma recuperou a bola no meio de campo, arrancou e tocou no meio da área. A bola ficou com André Silva, que bateu cruzado, sem chances para Donnarumma.

Mesmo com a vantagem, Portugal seguiu em cima e desperdiçou a chance de ampliar aos oito minutos. Bernardo Silva arriscou da entrada da área e Donnarumma voou para fazer grande defesa. Os donos da casa apostavam nos contra-ataques, principalmente com Bruma. Na base do esforço, a Itália tentou responder nos minutos finais, mas sequer ameaçou o gol de Rui Patrício.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -