Ao lado do ministro, João Arruda lança plataforma de desenvolvimento do esporte

Foto: Jader Rocha

Com a presença do ministro do Esporte, Leandro Cruz, o candidato do MDB ao governo do Paraná, João Arruda, anunciou, nesta sexta-feira (14), seu programa para o desenvolvimento do esporte no estado. Baseado em três eixos: desenvolvimento do esporte no contraturno escolar, incremento à lei de incentivo ao esporte e implementação da política de alto rendimento no esporte paranaense.

“Vim acompanhar o João reafirmar o compromisso com o esporte do Paraná e o esporte nacional. Eu sou testemunha de quanto ele lutou e conseguiu desenvolver o esporte do Paraná nesses dois anos que eu estou ministro”, disse Cruz.

O ministro citou a atuação de Arruda, como deputado federal, para a atração de investimentos ao esporte paranaense. “João me levou a Tibagi e estamos construindo uma pista internacional de canoagem, vamos trabalhar da inicialização às competições internacionais. Estava de bom tamanho para o Paraná, mas fomos a Tomazina e decidimos construir uma outra pista nos mesmos moldes”, contou. “Em Pinhais, João lutou, e estamos instalando o segundo velódromo coberto do Brasil. Vamos ter no Paraná a segunda melhor pista de todo o Brasil. Novamente para fazer da iniciação ao alto rendimento”, citou.

O ministro destacou, ainda, a mobilização de João Arruda para resolver o imbróglio acerca da Vila Capanema, estádio do Paraná Clube, cuja medida provisória para a concessão do terreno ao clube está pronta para ser enviada ao Congresso. “Em breve pretendo voltar aqui para anunciar mais essa conquista”, disse. “Citei o exemplo de três esportes de alto rendimento, mas temos  dezenas de praças, campos, quadras, ginásios que construímos mobilizados por você. Em Brasília, não temos condição de saber a vocação de todos os municípios, então precisamos de parlamentares que joguem o papel que o João jogou. E ele estava lá todas as semanas”.

Em sua fala, João destacou o papel importante da escola na iniciação esportiva. “Muitas crianças têm na escola sua única refeição no dia, assim como têm, muitas vezes, seu único contato com a prática esportiva. Então queremos transformar a escola neste instrumento de investimento no futuro do nosso estado. E é com a boa relação com os professores que vamos usar melhor a educação como ferramenta de formação do cidadão”, disse. “Mas também precisamos ter o rendimento como referência. Respeitar os clubes de futebol, investir nas confederações para complementar aquilo que a gente vai ter na escola”, acrescentou.

Arruda aproveitou o evento para pedir o esforço da comunidade esportiva na reta final de campanha. “A campanha está crescendo, nosso adversários saíram do salto alto, da prepotência, da arrogância para fazer o enfrentamento, porque estamos incomodando. Mas é esse enfrentamento que quero, porque quero debater com o secretário do Beto Richa, que não está participando dos debates”, disse. “Eu sou oposição a esse modelo, não adianta agora, depois de sete anos no governo, ele querer aparecer como novidade. Eu sou a oposição viável nesta eleição”, concluiu.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -