Suspeito de cometer 30 homicídios morre em confronto no interior do PR

Dois homens, ambos de 41 anos, suspeitos por mais de 30 homicídios, roubos e incêndios ocorridos nos últimos três anos, na região Centro-Oeste do Paraná, foram alvos da Operação Sicarius deflagrada pela 2ª Subdivisão Policial (SDP) de Laranjeiras do Sul com o apoio da 15ª SDP de Cascavel, na última sexta-feira (11/05). Durante a ação um dos suspeitos foi preso e outro, Miguel Iaczinski morreu em confronto.

As investigações em torno destes crimes foram intensificadas desde outubro de 2017. As diligências policiais identificaram que um dos suspeitos utilizava identidade falsa, se passando por policial civil. Durante as investigações foi possível descobrir também a área de atuação criminal, já que ambos pertenciam a uma quadrilha de matador de aluguel.

De acordo com a polícia o homem morto durante a ação, Miguel Iaczinski, era o suspeito pelo homicídio que vitimou Vilmar Viau, secretário de saúde do município de Rio Bonito do Iguaçu no dia 16 de abril, na estrada de Damaceno, que é acesso de um dos assentamentos do município.

Segundo informações policiais, a operação tinha o objetivo de prender um dos homens mais procurados pela polícia paranaense. “Os dois foram encontrados em uma fazenda, que fica no município de Goioxim, nos arredores onde todos os crimes foram cometidos”, falou o delegado responsável pelas investigações, Fabiano Oliveira.

Durante a abordagem, um dos suspeitos se entregou e o outro reagiu. “Assim que chegamos na residência, o homem pulou pela janela com um revólver em punho e efetuou disparos em direção aos policiais, que faziam um cerco ao redor da residência. Na situação, o líder do grupo foi alvejado e veio a óbito”, completa Oliveira.

No local foram apreendidos um revólver 357, uma arma de cano longo calibre 22, além de uniformes da polícia civil, como também uma balaclava. “Estes homens eram integrantes de uma quadrilha de matadores de aluguel, que era formada por quatro pessoas. Duas delas já haviam sido mortas por seus proprios companheiros”, finaliza o delegado.

Diante dos fatos, o homem que se entregou durante a operação foi autuado pela participação em três homicídios e um latrocínio. Seu comparsa que foi morto tem participação em mais de 30 homicídios. O homem preso foi encaminhado para o Setor de Carceragem Provisória (Secat) da delegacia, onde permanece custodiado à disposição da Justiça.

Deixe sua avaliação

- Anuncie Aqui -